Fashion

Desfile UMA | Raquel Davidowicz SPFW traz diversidade cultural

A SPFW N 45 aconteceu entre os dias 21 a 26 de Abril trazendo inúmeros desfiles ora no Pavilhão das Culturas Brasileiras dentro do Parque Ibirapuera, ora em alguns pontos da cidade, como foi o desfile da UMA | Raquel Davidowicz que aconteceu no Museu da Imigração, Mooca.

Fonte foto: http://ffw.uol.com.br/desfiles/sao-paulo/n45/uma-raquel-davidowicz/1692877/colecao/35/

A marca proporcionou em sua apresentação um cenário que conversava diretamente com o tema da coleção, o estrangeiro. Com músicas que transmitiam a sensação de querer viajar e conhecer o mundo desde o primeiro contato com o local, todos os mínimos detalhes que a estilista pretendia passar através da roupa foram sentidos.

Fonte foto: http://ffw.uol.com.br/desfiles/sao-paulo/n45/uma-raquel-davidowicz/1692877/colecao/1/

A funcionalidade das peças, sobreposições, grandes bolsos, mochilas e cortes assimétricos fizeram parte das criações, prezando pelo conforto e proteção, trazendo o conceito do estilo nômade atrelado à diversidade cultural e a forma livre e prática de se viver.

Os tecidos utilizados foram uma mistura de nylon, seda, peles sintéticas, crepe de acetato, sarja de algodão, plissado e tricots em cores mais neutras que trouxeram a versatilidade do estrangeiro e globalização, desde as cores e tecidos até a modelagem, com várias formas de usar a pochete, mochilas e acessórios feitos a partir de borracha reciclada.

Fonte foto: http://ffw.uol.com.br/desfiles/sao-paulo/n45/uma-raquel-davidowicz/1692877/colecao/27/

A camiseta usada pela estilista no fim do desfile, escrita Origem foi disponibilizada para venda e os lucros revertidos para a ONG Aquele Abraço, que conta com auxílio de um projeto para refugiados como professores de língua estrangeira.

Um desfile enriquecedor e emocionante, capaz de captar todo o significado do que é se encontrar em outra cultura e ainda assim conseguir sentir-se em casa de algum modo. A verdade é que todos nós estamos interligados, a única coisa que nos separa é o preconceito capaz de ser quebrado através da Moda.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *