Fashion,  Fashion Law

Moda, Arte e Libertees

Liberdade.

substantivo feminino
1.
grau de independência legítimo que um cidadão, um povo ou uma nação elege como valor supremo, como ideal.

Complementando a definição encontrada no dicionário, entende-se por liberdade as ações do ser humano seguindo o seu livre arbítrio e direito de agir. É a sensação proporcionada pela independência, desde que não prejudique outrem.

Local de trabalho no complexo penitenciário. Ph: Mariela Guimarães (@marielaguimaraes)

A partir da definição acima citada, começo a contar o trabalho desenvolvido pela marca de Moda, Libertees. Fundada por Marcella Mafra e Daniela Queiroga, o conceito de sustentabilidade social sempre foi o diferencial da marca, que trabalha com mão de obra de detentas do complexo Penitenciário Estevão Pinto, em Belo Horizonte.

Além de proporcionar a reinserção social dessas mulheres, contribuindo para a sua formação, geração de renda e preparando-as para a vida em liberdade, o trabalho traz descobertas internas. A aula de artes oferecida às detentas na penitenciária é o momento de liberdade dessas mulheres, que por algum motivo a “perderam”, e conseguem encontrá-la novamente na criação.

O que é produzido nas aulas, viram as estampas das peças, que são adaptadas e também ponto de partida para as criações da estilista da marca, Letícia Leão, trazendo propósitos e uma identidade expressiva às peças.

Ph: Mariela Guimarães (@marielaguimaraes)

Parte do valor das vendas é revertido para a compra de material de artes às aulas, fortalecendo ainda mais o lado social da Libertees. Para as sócias, a moda atualmente não faz mais sentido se for para apenas colocar uma peça de roupa no corpo, ela tem que ter algo a mais, motivo pelo qual vem crescendo o reconhecimento da marca, que já participou duas vezes do concurso Ready to Go, dedicado a novos talentos dentro da semana de Moda Mineira, o Minas Trend.

Ph: Caroline Mansur (@carolinemansur)

As marcas que encontrarem propósitos verdadeiros, como a Libertees encontrou, conseguirão ter mais “vida” em todos os sentidos no mercado, já que além de gerar empatia ao consumidor, também estará ajudando o progresso da sociedade sem utopias.

Ph: Caroline Mansur (@carolinemansur)

Tive a oportunidade de fazer o editorial da última coleção lançada,  que é definida pelas sócias como fonte de responsabilidade e inspiração às mulheres de dentro ou de fora de uma cela.

Não poderia existir definição melhor para a Libertees, que proporciona essa liberdade em meio à prisão e faz com que nós, também tenhamos esse sentimento de libertação de uma Moda sem preconceitos, com verdade, transparência e sentido.

Ph: Caroline Mansur (@carolinemansur)

“Libertas pelo trabalho e Arte”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *