Fashion Law

Saiba o que deve ter em uma etiqueta

Uma das etapas mais prazerosas do processo de confecção de uma peça de roupa é a parte em que o designer “se joga” na criação.
Porém, para que essa peça esteja de acordo com as Leis ela deverá trazer algumas informações necessárias para o consumidor final.
Assim como existem alimentos que causam reações e alergias a diversos usuários, os tecidos também podem provocar tais consequências, desse modo uma etiqueta serve não só para os casos em que a troca se faz necessária, mas também para evitar danos à saúde.

alp-allen-altiner-352227

Existe uma Resolução que trata sobre a etiquetagem de produtos têxteis (acesso na íntegra pelo site do Inmetro) que traz todas as obrigatoriedades de dados que devem constar na etiqueta de uma roupa, tais como:

  1. Características do produto;
  2. Composição;
  3. Razão Social/Nome da empresa e CNPJ;
  4. País de origem de confecção;
  5. Modo de uso (bem como os devidos cuidados ao seu manuseio) podendo ser indicado através de figuras ou textos. Ex: Lavagem.
  6. Indicação do tamanho ou dimensão.

É importante ressaltar que peças que tenham bordados, aplicações em geral, debruns, ou eventualmente partes não têxteis poderão apresentar essas informações de modo adicional, separado das informações obrigatórias, conforme mencionado acima.

Outro ponto indispensável é o fato de que a descrição deve ser de fácil leitura e visível para identificação do usuário.

tobias-van-schneider-310434

E sabe o que é mais interessante?
Na Resolução vem a denominação da fibra e a sua descrição, exemplo:

Seda: Fibra proveniente exclusivamente das larvas de insetos
sericígenos.

Quer saber mais? É só acessar o link:
http://www.inmetro.gov.br/legislacao/resc/pdf/RESC000213.pdf

 

2 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *